Formato

Este certame é composto pela realização de espetáculos de teatro em diversos concelhos da região do Alto Douro Vinhateiro durante aproximadamente um mês.

O convite às localidades para integrarem a rede de espetáculos tem em conta a oferta cultural e o acesso a espetáculos, privilegiando-se os casos em que este evento representa uma significativa mais-valia contribuindo para a diversificação das opções culturais. Por outro lado, procura-se a máxima dispersão geográfica possível pelo Vale do Douro conferindo-lhe o caráter regional pretendido.

O festival contribui ainda para a preservação, valorização e divulgação do património cultural da região bem como estimula a produção de texto dramático em português, muitas vezes original.

Este é um evento que é atualmente sustentável no plano económico-financeiro beneficiando das permutas entre os diversos grupos de teatro, das parcerias com as entidades da região, Juntas de Freguesia e Câmaras Municipais, estas últimas com um preponderante papel ao nível de apoio logístico ao evento e os apoios de algumas entidades nacionais onde se destaca a Direção Regional de Cultura do Norte (apoio à edição de 2017 não confirmado) e a Fundação INATEL (que em 2017 não apoia o evento).

Este certame é composto pela realização de espetáculos de teatro em diversos concelhos da região do Alto Douro Vinhateiro durante aproximadamente um mês.

O convite às localidades para integrarem a rede de espetáculos tem em conta a oferta cultural e o acesso a espetáculos, privilegiando-se os casos em que este evento representa uma significativa mais-valia contribuindo para a diversificação das opções culturais. Por outro lado, procura-se a máxima dispersão geográfica possível pelo Vale do Douro conferindo-lhe o caráter regional pretendido.

O festival contribui ainda para a preservação, valorização e divulgação do património cultural da região bem como estimula a produção de texto dramático em português, muitas vezes original.

Este é um evento que é atualmente sustentável no plano económico-financeiro beneficiando das permutas entre os diversos grupos de teatro, das parcerias com as entidades da região, Juntas de Freguesia e Câmaras Municipais, estas últimas com um preponderante papel ao nível de apoio logístico ao evento e os apoios de algumas entidades nacionais onde se destaca a Direção Regional de Cultura do Norte (apoio à edição de 2017 não confirmado) e a Fundação INATEL (que em 2017 não apoia o evento).